Brunno Elias

Atividade física, bem-estar e um pouco mais (ou não…)

Videogame para entrar em forma!(?)

Posted by Brunno em 29 de Dezembro de 2009

Ciente da distância entre jogadores de videogames e a prática de atividade física, a Nintendo, grande nome da indústria de games, viu na sua última plataforma, o Nintendo Wii, a chance de diminuir essa distância.

O videogame conta com um controle baseado no movimento do corpo, simulando várias situações: corrida de carros, tênis, boxe, lutas de sabres de luz… A última grande sacada da empresa foi um jogo que simulava treinamento físico, e agora chega a segunda edição.

O trecho a seguir é uma livre tradução do site Game Crazy, e logo depois vem os comentários de um treinador que também joga videogames.

“Com lançamento marcado para 5 de janeiro de 2010, My Fitness Coach 2: Workout and Nutrition (algo como Meu Treinador 2: Treinamento e Nutrição) tem o objetivo de demonstrar como se exercitar para alcançar um corpo saudável e a ter a energia que você precisa. Parte treinador (?!), parte nutricionista (?!), o jogo está preparado para te deixar em forma, dentro da academia ou fora. Modele sua rotina de treinamento com 80 exercicios focados em seus objetivos pessoais (?!). Treine para perder peso (e talvez achar novamente…), baixar seu colesterol, entrar em forma para sua roupa de verão, e mais. Quando preparar sua rotina de treinamento, escolha uma das 130 receitas, construída com base em seus sabores preferidos e acompanhadas de uma lista de compras e cardápios semanais, que vão te ajudar a alcançar seus objetivos.”

É inegável que a presença do Nintendo Wii (e logo mais a contribuição das outras plataformas que adotarão o controle baseado em movimentos, como o Playstation 3 e o XBOX) facilitam a prática de atividade física habitual por pessoas sedentárias.

É tão relevante que no último Congresso Internacional de Ciências do Esporte o videogame esteve presente. Mas também é ser muito simplista ao pensar que um jogo (ou programa de computador) tem a capacidade de personalizar a rotina de treinamento físico, principalmente em casos especiais como obesos, hipertensos ou mesmo sedentários mórbidos.

O jogo pode ser seguro para pessoas saudáveis, que poderiam ir para a rua praticar atividade física! Um exemplo é o vídeo abaixo (em inglês) que explora a capacidade da plataforma em alcançar a zona de frequência cardíaca para melhora da capacidade aeróbia.

Como visto o jogo não alcança a zona ideal de treino.

Provavelmente esperar que um jogo seja capaz de transformar um sedentário em atleta seja pedir demais. Temos de encarar isso como é: um jogo. Pode ser uma ferramenta para aumentar o nível de atividade física habitual, mas não um fim em si.

Um bom treino, uma boa sessão de videogame e um ótimo 2010 para vocês!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: