Brunno Elias

Atividade física, bem-estar e um pouco mais (ou não…)

Archive for Outubro, 2009

Prefeito conhece trabalho acadêmico de implantação de ciclovias

Posted by Brunno em 26 de Outubro de 2009

Segue iniciativa de um acadêmico que pode resultar em benefício para toda a cidade de Campo Grande.

Do site da prefeitura municipal de Campo Grande.

“O prefeito Nelson Trad Filho conheceu na manhã desta sexta-feira (23.10) o trabalho de conclusão de curso do acadêmico de Arquitetura da Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal), Renato Yonamine. Denominado “Via verde – transporte urbano sustentável”, o projeto prevê a implantação de 70 km de ciclovias na Capital.

Para balizar seu trabalho, Renato buscou informações em órgãos e publicações da administração municipal como o Instituto Municipal de Planejamento Urbano e o Plano Diretor, respectivamente. Entre os aspectos levados em conta na elaboração do trabalho estão a topografia da cidade e pontos de interesse para ciclistas. Yonamine também prevê integração bicicleta/transporte coletivo em trajetos de mais de sete quilômetros.

Como a temperatura elevada, na maior parte do ano, é uma das dificuldades para estimular o ciclismo, o trabalho de Renato prevê o plantio de árvores ao longo dos trajetos. Um aspecto interessante é que as ciclovias se interligam aos parques da cidade. De acordo com o estudante, em alguns trechos será possível criar trilhas ecológicas. Com isto, o uso do veículo poderá ser estimulado para o trabalho e para o lazer.

O prefeito achou muito interessante o trabalho de Renato, que também apresenta em seu TCC exemplos de cidades que mudaram suas paisagens e qualidade de vida com investimento em ciclovias. Nelsinho disse a Yonamine que sua assessoria marcará uma audiência com Rudel Trindade Júnior, diretor da Agetran e Marta Martinez, presidente do Planurb para que ele apresente seu trabalho.

Nesta audiência, o prefeito quer ver se há sugestões apresentadas no trabalho de Renato que podem ser incorporadas ao projeto da prefeitura, que pretende implantar 120 km de ciclovias na cidade. Foi a colega Paula Gobbo Chaves, do quarto ano de Arquitetura, que estimulou Renato a apresentar seu TCC ao prefeito.” Fonte/Autor: Mônica Ferreira Mtb/MS 138

Fica o apoio para que dê certo!

Anúncios

Posted in "Des"categorizado | Leave a Comment »

32º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte

Posted by Brunno em 18 de Outubro de 2009

Acabei de voltar da correria do 32º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte, promovido pelo CELAFISCS. Depois de muita turbulência nos aviões, metrôs lotados e palestras nacionais e internacionais, a experiência científica aumentou. Como nem tudo foi estudo, segue as imagens e vídeos do evento, além do resumo do trabalho realizado pelas minhas orientandas.

Até 2010, CELAFICS!

Imagem693Sala Agita Mundo, palco das palestras/mesas/fóruns internacionais.

Imagem697Fila na escada rolante do metrô. Eu fui pela escada normal.

Imagem698Nintendo Wii fazendo sucesso na feira, como promotor de atividade física.

Imagem699O amigo Nerd que me acolheu em São Paulo.

… e o resumo…

NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA RELACIONADA À SAÚDE EM PACIENTES COM PARACOCCIDIOIDOMICOSE
Brunno Elias Ferreira, Taiane de Menezes Valério, Maiara Fernanda Borges Fernandes, Anamaria Mello Miranda Paniago.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campo Grande – Mato Grosso do Sul – Brasil – bruelifer@hotmail.com

INTRODUÇÃO: A doença Paracoccidioidomicose (PCM) é causada pelo fungo Paracoccidioides brasiliensis característico das regiões subtropicais. O Brasil tem grande concentração de casos e a região Centro-Oeste é considerada de alta endemicidade. O estado de Mato Grosso do Sul detém o maior índice de mortalidade pela doença.

OBJETIVO: Analisar a associação entre nível de atividade física (NAF) e qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS).

METODOLOGIA: Instrumentos – Foram aplicados em sistema de entrevista. O IPAQ versão curta para mensuração do dispêndio energético em MET (equivalente metabólico) por semana. Os participantes foram classificados em níveis de atividade física conforme valor semanal em MET: baixo (< 600), moderado (600 a 2999) e alto (3000 e acima). A QVRS foi avaliada com emprego do Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória, que resulta em percentual de deterioração da qualidade de vida pela manifestação da PCM. Participantes – Foi utilizada amostragem não-probabilística consecutiva com pacientes de um hospital de referência do sistema público de saúde. Participaram 33 indivíduos (93,9% homens, 56,9 ± 9,6 anos) sendo 90,9% ex-lavradores e 6,1% ainda viviam da atividade, que está muito associada à infecção. Coletas – O paciente era convidado a participar da pesquisa logo após atendimento médico. Em caso de aceite, era assinado o TCLE aprovado pelo CEP – UFMS. Após a entrevista o prontuário médico era consultado para conferência do exame confirmatório da infecção e coleta de outras informações. Estatística – Foi utilizada estatística descritiva e análise de variância com o teste ANOVA para um critério ou Kruskal-Wallis de acordo com os dados. O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05.

RESULTADOS: Na distribuição por faixa etária 30,3% tinham entre 40 e 49 anos, a faixa etária mais baixa; 24,2% tinham entre 50 e 59 anos, seguidos por 45,5% com 60 anos ou mais. 60,6% eram casados ou viviam como casados. 36,4% tinham entre a 1ª e 4ª séries do ensino fundamental, repetindo a mesma frequência para a 5ª e 8ª séries. Apenas 9,1% dos participantes foram classificados com baixo NAF, enquanto 63,6% atingiram alto NAF, provocado pelo trabalho braçal e uso de bicicleta ou caminhada como meio de transporte na maioria dos dias da semana. 39,4% tinham apenas 25% da qualidade de vida comprometida pela doença, seguidos por 36,4% da amostra com 25,1% a 50% de comprometimento e 24,2% com 50,1% ou mais de comprometimento da QVRS. Não foram identificadas correlações significativas entre idade e qualidade de vida (p = 0,1), idade e NAF (p = 0,7) e qualidade de vida e NAF (p = 0,06). Nas associações também não foram encontradas significâncias entre faixas etárias e qualidade de vida (p = 0,3), escolaridade e qualidade de vida (p = 0,9) ou NAF (p = 0,6), estado civil e qualidade de vida (p = 0,6) ou NAF (p = 0,8), e entre NAF e qualidade de vida (p = 0,8).

CONCLUSÃO: Os portadores de PCM de Mato Grosso do Sul tem a maioria como ex-lavradores e apresentam alto nível de atividade física habitual, relacionada ao trabalho e meio de transporte. Também apresentam pouca ou média deterioração da qualidade de vida em função da doença. O alto nível de atividade física verificado e as outras variáveis epidemiológicas não parecem afetar a qualidade de vida desses pacientes.

Posted in "Des"categorizado | 1 Comment »

Desafio dos 600k

Posted by Brunno em 14 de Outubro de 2009

Passeando num conglomerado qualquer, encontrei esse excelente desafio! 600 km cobertos 10 pessoas, entre Rio e São Paulo. Segue o texto de abertura do blog O desafio dos 600.

2009-06-03nike_praia-00147

[…]

Uma revolução na prática de corridas de rua no país. Esse é o objetivo do Desafio dos 600k, a maior corrida de revezamento das Américas, com uma infraestrutura jamais vista antes em uma prova de atletismo. Para celebrar a disputa, que terá sua largada no dia 22 de outubro, no Parque Ibirapuera, e chegada no dia 25, na Praia de Ipanema, o GLOBOESPORTE.COM lança nesta terça-feira o blog oficial da corrida. Aqui, o internauta poderá encontrar todas as informações da prova.

Serão 20 equipes com a missão de percorrer os 600 quilômetros que separam a capital paulistana da cidade maravilhosa. Cada time será formado por 12 atletas, sendo dez titulares – com o mínimo de três mulheres -, além de um atleta reserva para cada sexo.

O percurso será um atrativo à parte. No caminho, os atletas vão passar pelas belas paisagens da rodovia Rio-Santos e dos litorais paulista e fluminense até a linha de chegada, na praia de Ipanema. Os trechos serão percorridos em diferentes tipos de pisos, como asfalto, areia, pedra e mato, além de relevos.

A cada noite, os participantes serão acomodados nos três pontos de parada do roteiro, conhecidos como Nike Villages. Todo atleta terá monitoramento constante de seu rendimento, através do iPod ou por uma pulseira.

Aqui no blog, vamos contar tudo o que acontece nos dias que antecedem a prova e também cada atualização da disputa. Fique atento e não perca nenhum detalhe da maior corrida de revezamento das Américas!

[…]

Créditos: produção do blog O desafio dos 600.

Posted in Esportes | Leave a Comment »

Corrida no Plaenge por Dentro

Posted by Brunno em 9 de Outubro de 2009

A corrida está na moda em Campo Grande, e pensando nisso a jornalista Bruna Morales entrevistou o treinador Brunno Elias para o informativo Plaenge por Dentro, jornal digital da Plaenge Campo Grande.

Segue o clipping da sessão. Boa corrida para todos!

bubu-plaenge

Posted in "Des"categorizado | Leave a Comment »